Comece aos poucos…

Quando estamos começando, não adianta querermos correr atrás do prejuízo em um só dia!!! Percebo muitos pessoas extremamente desesperados que passam 2 horas ininterruptas na academia ou mesmo tentam pegar uma carga absurda que não consegue nem fazer o exercício direito. E, ainda, alguns outros que tentam começar indo na academia TODOS os dias.

Você sabe por que isto não dá certo?

1. Você treinará MUITO e não verá o resultado tão rápido quanto pensa. Daí caímos na lei da recompensa. Você, como iniciante, pensará “Poxa! Para que estou treinando tanto e não vendo resultado?”. Assim, DESISTE.

2. Sentirá mais dores, fadigas e, em um grau mais elevado, poderá até ter lesões consequentes do excesso de treinamento. Isto resulta em DESISTÊNCIA e perda de foco.

3. O tempo despendido na academia é muito. Sabe o que acontecerá? Daqui um tempo você pode falar: “Não tenho TEMPO para ir na academia!”.

SOLUÇÃO

1. Comece aos poucos, respeitando os limites do seu corpo.

2. Treine, no máximo, 1 hora, não mais que isto. Aprenda a distribuir seu treino e não sobrecarregar um grupo muscular exaustivamente. Estudos mostram que para emagrecimento, fortalecimento e hipertrofia, não há necessidade de mais de 1 hora de treinamento.

3. Comece alternando dias de treino com dias de descanso. Assim, respeitará o descanso e limites do seu corpo. Se não quiser ficar parado nos dias de descanso, opte por uma recuperação ativa, ou seja, fazendo algum exercício que não trabalhe o mesmo grupo muscular trabalhado no dia anterior.

Consequentemente, os resultados aparecerão.

 

Silencie a sua voz interior…

Sempre há uma voz dentro de nós que conspira contra nossos pensamentos. Esta mesma voz diz que hoje não precisamos ir na academia (ela arruma mil motivos para isto, seja por falta de tempo, seja por cansaço, seja por uma dor inexistente) e que você pode comer mais e mais, que não tem problema algum (quem não come e pensa: “vou comer só mais um pouquinho! Não tem problema!!!”).

Estes pensamentos são TOTALMENTE tentadores, mas, pode ter certeza que ele não te ajudará a atingir seus objetivos e, nem mesmo, manter o foco.

Quando tiver pensando algo assim, seja maior. Escreva, tente distrair seu pensamento com outra atividade e FAÇA O CERTO!

Visualize, SEMPRE, seu objetivo e resultado….

Pense em um filme seu, olhando você daqui um ano! Você do jeito que sempre quis, do jeito que te fará feliz e do jeito que melhorará sua estima. Sabe o que eu faço que dá muito certo?! Um caderno!

(sugestivo)

Com 10 objetivos que preciso realizar no ano. Quando o ano termina, vejo se fiz tudo o que foquei no começo do ano.

Se não fiz, vi que mais um ano passou e eu não fui atrás de algum dos objetivos. Isto faz com que corra atrás de tudo o que precisa fazer.

 

Mude sua perspectiva e vá atrás do seu foco. Lembre-se: resultados duradouros são os mais suados para conseguir. Você dará mais valor à eles!

 

escrito por Paola Machado

Educadora física formada pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Atualmente é mestre em Ciências da Saúde pela Unifesp com pesquisas vinculadas a fisiologia do exercício, escritora, palestrante