nutri_240615(TRFW Notícias)

A maioria dos médicos nos Estados Unidos recebe menos de 20 horas de treinamento em nutrição durante a sua estada na escola de medicina. Muitos médicos compreendem como tratar o sintoma, mas falta uma compreensão global sobre hábitos saudáveis que podem ajudar seus pacientes a evitar doenças.
Alimentos fornecidos durante hospitalização podem mostrar o quão grande é a desconexão que existe entre médicos e nutrição. Este problema não é apenas dentro dos Estados Unidos. Um estudo realizado no Reino Unido relatou que 40 por cento das internações hospitalares de idosos sofrem de subnutrição, e metade ficam gravemente desnutridos. A maioria destes pacientes perde peso após a admissão, não apenas por causa de sua doença, mas por causa de outras deficiências nutricionais na comida de hospital.

Dr. Andrew Abraham compartilha como sua própria experiência com o câncer influenciou sua compreensão nutricional e crenças.

O hospital irá oferecer a seus entes queridos uma bebida de suplementação nutricional se eles não estão consumindo o suficiente na hora das refeições. Infelizmente, estas bebidas contêm ingredientes tais como adoçantes de milho, produtos lácteos processados, açúcar e proteínas de soja processados, o que significa que nessas bebidas também há falta de nutrientes.

Um médico experiente viveu a importância deste problema, quando confrontado com o seu próprio diagnóstico de câncer. Dr. Andrew Abraham foi diagnosticado com câncer e passou um tempo considerável no hospital. Ele relata: “Eu estava bebendo produtos nutricionais que foram dados a mim pelo meu médico, então eu realmente estava convencido de que estes eram produtos nutritivos.” Depois de pesquisar estes produtos, ele percebeu que essas bebidas eram cheias de ingredientes não saudáveis, e ele percebeu a importância de oferecer uma opção nutritiva para hospitais e pacientes.

Dr. Abraham explica: “Para mim, nutrição de alta qualidade é fundamental, porque eu sinto que realmente salvou minha vida.” Esta foi capaz de curar totalmente seu corpo depois de sua luta contra o câncer e, em seguida, ele e sua esposa, Kathy, que é uma nutricionista holística, construíram uma empresa: Orgain. Orgain oferece bebidas suplementares de nutrição e proteína em pó feito com proteína orgânica e à base de plantas.

Nutrição de alta qualidade para encurtar as hospitalizações
Vários estudos têm documentado o impacto do que acontece quando os pacientes recebem cuidados nutricionais de alta qualidade. Um inquérito realizado em 19 hospitais descobriu que aqueles que recebem a nutrição de alta qualidade, ficam em média, cerca de 10 dias no hospital. Aqueles que recebem nutrição médio, em média ficam 14 dias hospitalizados. Aqueles que recebem baixa qualidade nutricional, média 14,4 dias. A pesquisa mostrou que 7,5 por cento dos pacientes que recebem baixa qualidade nutricional estão em risco de desnutrição e, portanto sujeitos a adquirir doenças hospitalares.

Se você ou alguém que você ama está no hospital, lutando contra uma doença, ou lutando com escolhas alimentares pobres, é importante entender o valor que a nutrição desempenha na nossa vida. Recomendando a esses entes queridos usar suplementos de qualidade e shakes nutricionais para fornecer um potencial nutricional que vai potencializar a sua imunologia. Se você estiver no hospital, lembre-se, você tem que se defender por si mesmo. Não tenha medo de falar e deixar o seu médico saber exatamente quais são as suas necessidades.

Antonio Fischer: Nutricionista do Spa e Clínica Match Point
Pós Graduado em Alimentos Funcionais e Qualidade de vida Unasp
Raw Food Chef by Graff Academy of Raw Food Nutrition USA
Nutrição de Alta Qualidade
Spa Phone: 55 11 4584-2154