RAW FOOD NEWS | Germinar é preciso

Germinar uma semente é muito mais que uma técnica culinária, é uma forma de aumentar o nível energético a um nível que a ciência ainda não é capaz de mensurar, calcular, medir, avaliar através de aparelhos. Germinar é uma forma de olhar o alimento de uma forma diferente, não apenas como uma mera fonte de calorias se vai ou não me emagrecer, se vai ou não curar minha doença. Colocar uma semente para germinar é uma mensagem que você escreve dentro de seu coração, eu desejo a vida. Eu quero colocar algo vivo dentro de meu corpo eu quero nutrir minha alma, não apenas meu corpo.

Germinar torna as sementes mais atraentes ao paladar e mais fáceis de serem manipuladas na cozinha em sucos, saladas e sopas, pois quando estão germinadas, as sementes estão mais macias e com melhor textura se comparado ao cozimento que “mata” as sementes e tira todo o gosto, sabor e grande parte dos nutrientes são lixiviados na água do cozimento.

 

O aproveitamento celular também conhecido como biodisponibilidade também aumenta quando germinamos uma vez que sementes germinadas estão livres de fitatos que são agentes químicos naturais protetores das sementes que quando entram em nosso aparato digestivo eles atrapalham a absorção de outros nutrientes.

Mas em termos de energia vital isto sim é incomparável pois o nível energético aumenta muito. Você sente o poder das sementes germinadas quando começa a inserir linhaça germinada, girassol germinado, nos sucos matinais.

Veja o gráfico abaixo e descubra porque comer carne é um mito.

 

Fonte: Tabelas americanas de nutrição – aprovadas pelos órgãos reguladores americanos

 

Antonio Fischer:  Nutritionist do Match Point Spa
Living Food Expert

Pós Graduado em Alimentos Funcionais e Qualidade de vida Unasp


Raw Food Chef by Graff Academy of Raw Food Nutrition USA